Outras áreas

Professores

Fábio Lopez

Técnica de Dança Clássica – Avançado | Repertório Clássico – Avançado

Concluiu, em 2004, os seus estudos na Escola Artística de Dança do Conservatório Nacional (Portugal), tendo posteriormente frequentado o «Summer Intensive» da Juilliard School (Nova Iorque) e completado a sua formação na Escola-Atelier Rudra Béjart (Suiça).

Em 2006, juntou-se ao Malandain Ballet Biarritz, onde interpretou, entre outros, o papel de Teobaldo, em «Romeu e Julieta», da malvada meia-irmã de Cinderela, Javotte, em «Cinderela», ou ainda o «Concerto 21», em «Mozart a 2».

Em 2002, ganhou o 3.º Prémio Coreográfico ADAMI/Synodales.

«Poil de carotte», peça concebida em colaboração com o renomado compositor francês Thierry Escaich, foi muito bem recebida pela critica francesa aquando do último «Festival du Temps d’Aimer la Danse 2016».

Foi premiado pela Caisse des Dépôts et Consignations, que lhe atribuiu um apoio financeiro importante para o desenvolvimento do seu trabalho coreográfico na temporada 2017/2018 ; foi igualmente coreógrafo convidado, em dezembro de 2017, do Conservatório Nacional Superior de Música e de Dança de Paris. Até 2020, é artista associado da «Plateforme Chorégraphique de Bayonne» “OLDEAK” (França), em conjunto com a sua Companhia de Dança ILLICITE BAYONNE.

Possui, desde 2010, o «Diplôme d’État» de Professor de Dança Clássica. Orientou Workshops e estágios em Israel, na Alemaha, nos Estados Unidos, em Porto Rico, em Espanha, em Itália e em França.

Teve a oportunidade de trabalhar com personalidades como Victor Ullate, Cyril Atanassoff, Maina Gielgud, Violette Verdy, Frank Andersen, Dinna Bjorn, Azari Plissetski, Andrey Klemm, Sylvianne Bayard, Nils Christe, Georges Garcia, Michel Gascard, Lienz Chang, Eva Lopez Crevillon, Urtzi Aramburu, Céline Talon, Thierry Malandain e o proprio Maurice Béjart.

Lorand Zachar

Técnica de Dança Contemporânea – Avançado | Oficina Coreográfica – Avançado

Lóránd nasceu em 1969, em Budapeste, Hungria.

Estudou na Academia de Música e Folkdance Talentum Hungarian. Foi bailarino na Budapest Dance Company, Rock Theatre, Budapest Ballet, Theatre Vig, Madach Theater, Budapest Dance Theatre, Ballet Pécs, Djazz-ex e no Danceworks Rotterdam. Trabalhou com excelentes mestres e coreógrafos, como Andrea Ladányi, Átila Egerházi, Gábor Bakó, Gyula Berger, Béla Földi, Pál Frenák, József Gajdos, István Herczog, Tamás Juronics, György Krámer, Eva Matetics, Iván Markó, Tibor Somogyi. , Béla Szirmai, Annabelle Lopez Ochoa, Bruno Listopad, Dana Caspersen, Doug Elkins, Glenn van der Hoff, Neel Verdoorn, Phillip Adams, Rafael Bonachella, Raza Hammadi, Sana van der Putt, Sean Curran, Ton Simmons Tom Stuart, Vassilij Sullich, Sean Curran, Randall Scott, Thomas Noone, etc.

Algumas de suas variadas coreografias: Microcosmos (Ballet Debrecen, Hungria), Transit (Danceworks Roterdão, Holanda), Territórios Inacessíveis (Ballet Pécs, Hungria), Lightcach (Danceworks) Roterdão, Holanda), Spark (Danceworks Rotterdam, Holanda / Badora Dance Company, Hungria), Sec. (Budapest Dance Theatre, Hungria / Ballet Jazz Art Paris, França), Lisztomania, Complicado casamento dos Balcãs (Ballet Pécs, Hungria), Firebird-Stravinsky (Budapeste Dance Theatre, Hungria), Aida-Verdi (Companhia de Inversão, Hungria), Waving floor (Ballet Pécs, Hungay), Shadows and Desires (Companhia de Dança Contemporânea de Szeged), Translucent (Karma Dance Project).

O trabalho de Lórand está constantemente à procura do significado por detrás dos movimentos, às vezes de forma clara e simples, às vezes atingindo complexas extremidades do corpo. Os seus pensamentos enquanto criador complementam-se com as técnicas de dança contemporânea dominadas, tornando, assim, as suas aulas muito interessantes e únicas. Lorand utiliza o máximo de dotes físicos na sua linguagem corporal única e especial. A técnica de chão frequentemente usada nas aulas procura experimentar a fluidez. As combinações e os trabalhos dos parceiros nas oficinas são caracterizados pelo uso extremamente isolado e Auto consciente do corpo.

Sandra Resende

Técnica de Dança Clássica – Intermédio | Repertório Clássico – Intermédio

Sandra Araújo Kuznetsona Resende completou o curso de 8 anos na E.D.C.N. (Escola de Dança do Conservatório Nacional) e fez uma pós graduação de 2 anos na Academia de Dança Vaganova de São Petersburgo onde obteve o diploma de Bailarina. Dançou em diversas companhias internacionais papéis solistas e principais de diversos ballets de repertório bem como novas criações coreográficas. As companhias em que trabalhou ao longo da sua carreira:Mali Theater, São Petersburgo – Russia; Europa Dance – França; C.N.B. – Portugal; N.B.T. – Inglaterra; Gregor Seyfert Compagnie, Dessau – Alemanha; Landesbuhne Sachsen, Dresden – Alemanha; Hagen Ballet – Alemanha. Ao longo da sua carreira Sandra Resende participou ainda em diversos festivais internacionais e prémios de renome mundial, entre eles o Festival de Cuba Organizado por Alicia Alonzo, o 1º festival internacional de dança de Dessau e no Prix Benoit de la Dance onde interpretou conjuntamente com o seu partner o pas de deux do ballet Marquis de Sade. Em Outubro de 2016 tornou-se Mestre em ensino da Dança pela ESD. Neste momento Sandra lecciona TDC (Técnica de Dança Clássica) na Escola Superior de Dança, é ensaiadora e professora convidada no Quorum Ballet, bem como professora de TDC do Projeto da Quorum Academy.

Marta Lobato Faria

Técnica de Dança Contemporânea – Intermédio | Oficina Coreográfica – Intermédio

Nasceu em 1980, Licenciada em Dança pela Rotterdamse Dans Academie (CODARTS) / Holanda, detentora do diploma do Curso de Formação de Bailarinos da Escola de Dança do Conservatório Nacional. Marta Lobato de Faria foi estagiária na Companhia Ballet Contemporâneo do Norte – Portugal, e na Companhia Dansgroep Kristina de Châtell – Holanda. Como freelancer, participou em diversos projectos pela Europa, com os coreógrafos André Gingras, Jack Gallecker, Anne Van de Broek, Neel Verdoom, Jelena Kostick,

Julia Reviera, Yonel Castilla Serrano, entre outros. Também a nível

profissional trabalhou com as companhias United C, Merkx & Dansers e desde 2010 é bailarina da Companhia Olga Roriz. No seu curriculum evidencia , desde 2006, experiência de leccionação a bailarinos em várias instituições, entre elas : FOR – Formação Olga Roriz, Fontys Dance Academy, Quorum Ballet, Escola Superior de Dança, Academia Espaço Dança/ILÚ, Academia de Dança de Alcobaça, Performact, Helmond Dans Academie e Companhia de Dança de Faro, ao nível nacional e internacional.

Em 2009, funda ILÚ – Associação Dança-Teatro de Intervenção Urbana e em 2012 funda e assume a direção da Academia Espaço Dança/ILÚ.

Maria Telo de Abreu

Técnica de Dança Clássica – Elementar

Natural de Lisboa, viveu em Elvas até aos seis anos de idade tendo regressado a essa mesma cidade vinte anos mais tarde. Aí dirige a sua própria escola de Dança, A.D.E.- Academia de Dança de Elvas, e dirigiu a Academia Municipal de Dança e Artes Performativas desse mesmo Município entre os anos de 2008 e 2011.

Professora registada da RAD (Royal Academy of Dance) e supervisora da Faculty of Education de Londres. Adquiriu a sua formação em Dança entre Lisboa (Centro de Formação de Bailarinos da Companhia Nacional de Bailado e EDCN- Escola de Dança do Conservatório Nacional); Royal Academy of Dance e Faculty of Education (Londres); e Escola Superior de Dança do Instituto Politécnico de Lisboa onde concluiu o curso de Mestrado em Ensino de Dança em 2014.

Foi aluna bolseira da Royal Academy of Dance nos anos de 1995, 1997 e 1998; Ministério da Educação e BCP- Banco Comercial Português em 1998.

Enquanto aluna concluiu os cursos da Escola de Dança do Conservatório Nacional sob orientação do mestre Jorge Garcia; e Royal Academy of Dance onde se formou com Honours sob a orientação da professora June Mitchel.

Dançou profissionalmente durante sete anos na CNB- Companhia Nacional de Bailado onde interpretou inúmeros papéis em bailados do repertório clássico, neoclássico e contemporâneo; tendo-se destacado em bailados como Agon, Who Cares?, e Serenade de George Balanchine, e In the Middle Somewhat Elevated de William Forshythe.

Enquanto professora especializou-se no 7º e 8º ano de raparigas (11º e 12º ano do ensino regular) do Ensino Artístico Especializado em Dança na EDCN-Escola de Dança do Conservatório Nacional sob orientação da professora Irina Zavialova.

Em simultâneo com a sua carreira ligada à dança, é ainda Instrutora de Pilates, formada pela Polestar Pilates (Filipa Mayer) e pela ALM Pilates, possuindo Cédula Profissional de Treinadora Desportiva do IDP.

Paralelamente à sua formação em dança e pilates, Maria estudou desenho na Sociedade de Belas Artes em Lisboa, concluiu o terceiro grau de Teoria Musical da Associated Board of the Royal Schools of Music, e estudou piano e violino.

Inês Pedruco

Técnica de Dança Contemporânea – Elementar

Iniciou os seus estudos na área da dança com 8 anos de idade na Escola de Dança Ana Manjericão obtendo todos os exames da Royal Ballet School. Em Setembro de 2002 ingressa na Escola de Dança do Conservatório Nacional onde obtém o diploma com mérito de Bailarina Profissional no ano de 2009. Nesse mesmo ano tornou-se semi-finalista do Concurso Internacional de “Prix de Lausanne” onde ganhou uma bolsa para a Escola Joffrey Ballet School em Nova York, foi convidada a dançar para o canal de televisão Biography Channel. Em Junho de 2009 tornou-se membro da Companhia de Dança Quorum Ballet onde trabalhou com diversos coreógrafos de diferentes nacionalidades, atuando em vários países como China, Macau, Dinamarca, Espanha, Sérvia, Equador, Tailândia, Suíça, Alemanha etc. Durante o seu percurso profissional foi convidada como bailarina assistente para remontar o “Swan Lake” da companhia Quorum Ballet nos Açores e ainda a colaborar em workshops com diversas escolas como Escola de Dança do Conservatório Nacional, Escola do Conservatório de Música e Dança de Coimbra, Artist, Quorum Academy, FullOut, Centro Norton de Matos, Escola de Dança de Almada, Escola de Ballet Contemporâneo, Escola Diogo de Carvalho, Escola de Bailado de Aveiro e etc. Trabalhou com o dramaturgo Pedro Alves na Companhia Teatromosca. Como coreógrafa trabalhou com a Escola de Bailado de Aveiro e Academia de Dança Contemporânea de Setúbal. Em 2017 finalizou o Curso de Mestrado em Ensino de Dança. Atualmente é professora de Técnica de Dança Contemporânea e Repertório Contemporâneo na Escola Artística de Dança do Conservatório Nacional e ainda de Técnica de Dança Clássica na Academia de Dança Contemporânea de Setúbal.

Inês Godinho

Barra de Chão

Nascida em Lisboa a 28 de Outubro de 1989, iniciou-se na dança no ano 1992 no Ginásio Clube do Sul e na Royal Academy of Dance.

Em 1999 ingressou na Escola de Dança do Conservatório nacional que finalizou em 2007, obtendo o diploma de Bailarina Profissional.

Enquanto aluna do Conservatório trabalhou com variados professores e coreógrafos de renome nacional e internacional.

Ao longo da sua carreira frequentou vários cursos de dança e workshops, nomeadamente na Royal Ballet School.

Em Outubro de 2007 tornou-se membro do Quorum Ballet e desde então, tem dançado todo o repertório da Companhia.

Em 2011 coreografa para 6º aniversário da Companhia a sua primeira peça “Eventually we find our way”.

Desde então tem sido coreógrafa assídua do Quorum Ballet.

Coreografou também para a Escola de Dança do Conservatório Nacional e Projecto Quorum.

Em 2014/2015, em conjunto com Filipe Narciso, dá assistência coreográfica a Daniel Cardoso na Companhia Nacional da Albânia (TKOBAP).

Leciona aulas de dança em algumas academias de dança incluindo no Quorum Academy.

Em 2016, leva a concurso o dueto ‘Good Morning Sunshine’ através do Quorum Academy e, consegue o 1º lugar em duas distintas competições em Portugal.

Vasco Macide

BodyFullness | Movimento Criativo

Vasco Macide fez a sua formação académica e artística na Escola de Dança do Conservatório Nacional e no Benesh Institute of Coreology, em Londres. Trabalhou com varias companhias nacionais e estrangeiras entre 1984 e 2002 mas foi sobretudo no campo do ensino, da programação cultural e da produção que tem desenvolvido a sua atividade, nos últimos trinta anos. Foi assistente coreográfico e ensaiador da Royal Opera House, assim como co-criador e interprete no coletivo 9×9 da companhia Les Ballet C de la B. Durante doze anos foi professor de Análise e Notação do Movimento e ensaiador da Oficina Coreográfica na Escola de Dança do Conservatório Nacional, assim como professor de Análise e Notação do Movimento e Dança Contemporânea, na Escola Técnica de Profissionais de Bailado da Companhia Nacional de Bailado. Integrou a equipa que idealizou e implementou o Departamento de Dança do Conservatório de Coimbra, tendo ministrado nessa escola as disciplinas de Dança Criativa, Dança Contemporânea e Composição Coreográfica. Ao nível da Programação, Produção, Gestão Cultural e consultoria, desempenhou funções de diretor de programação e produção e consultor no Ballet Teatro Auditório do Porto, no Teatro Viriato em Viseu, na Porto 2001 Capital Europeia da Cultura, na empresa municipal A Oficina em Guimarães e na Direcção Geral das Artes. Trabalhou ainda como responsável de produção e difusão nas companhias dos coreógrafos; Paulo Ribeiro e Olga Roriz. Foi ainda membro fundador e presidente da Associação Portuguesa de Programadores Culturais, assim como membro fundador de diversas associações nacionais e internacionais para o desenvolvimento da programação e criação cultural em rede. Desde 2005 desenvolve projetos de consultadoria de gestão artística e cultural, colaborando activamente no desenvolvimento de projetos de criação e ensino artístico. É co-criador do projeto artístico e educativo LABarts – Escola de Artes Integradas que mantem estreitas relações de trabalho com a universidade CODARTS em Roterdão.

Inês Aflalo

Hip Hop

“Inicia o seu percurso na dança aos 5 anos de idade. Frequentou o curso Royal Academy of Dancing até ao 5º grau com Distinction, aos nove anos ingressou na Escola de Dança do Conservatório Nacional concluindo seis anos de curso, com professores como Luisa Taveira, Luisa Carles, Mark de Graff, Luisa Vendrell, Ana Vian, Pedro Carneiro, Cristina Graça, Constança Coutro, José Luis Vieira, Jorge Garcia, entre outros.

É licenciada em Ciências da Comunicação na Universidade Nova de Lisboa, na vertente de Jornalismo (2007). Dedicou-se durante algum tempo à área de comunicação, tendo colaborado como jornalista estagiária na SIC.

Dá aulas de dança desde 2005, tendo começado pelo Hip-Hop em inúmeras escolas e academias, tendo competido como bailarina de 2 grupos de Hip-Hop, ao nível Nacional (2º lugar Campeonato Federação Portuguesa de Ginástica) e ao nível Internacional. Frequentou, posteriormente, o curso de instrutora de hip-hop – Hip-Hop College, pela empresa “Diego Sacco”, tendo conseguido o diploma de “Aluna Revelação”(2006/2007).

Em 2015, conclui o curso de Mestrado em Ensino de Dança da Escola Superior de Dança (ESD), tendo realizado a componente de estágio na Escola de Dança do Conservatório Nacional (EDCN), em Técnica de Dança Contemporânea.

Como bailarina, teve oportunidade de dançar no musical “High School Musical”(2009) no Coliseu e no Teatro Tivoli, com a coreógrafa Clair Fiest, em teatro de revista, no Parque Mayer, nas peças “Hip-Hop’arque”(2008) e “Agarra que é honesto”(2010), com o coreógrafo Marco Di Camilis.

Participou no programa “Achas que Sabes dançar”(2010) onde chegou ao 8º lugar, tendo trabalhado com diferentes coreógrafos: Pau Vasquez, René Vinther, Daniel Cardoso, Diana Rego, Pedro Borralho, Paula Pinto, Simeon Qsyea, João Tiago.

Frequentou ao longo dos últimos anos inúmeros Seminários e Cursos de Verão de Dança Clássica e Dança Contemporânea, Jazz e Hip-Hop – professoras de referência no panorama nacional, como Sofia Neuphart, Amélia Bentes, Gonçalo Lobato, Silvia Rijmer, Paula Careto, Magali, Teresa Ranieri, Diana Matos, Luke Jessop, Ricardo Ambrósio, Colin Vieira, Maté Mészáros, Bruno Caverna, Miguel Loureiro, and Cristina Graça.

Atualmente diretora artística, bailarina e coreógrafa no projeto LEGACY Professional Dancers em conjunto com o bailarino, professor e coreógrafo Colin Vieira, que fundou em 2010, após a sua participação no programa televisivo de dança “Achas que sabes Dançar”. Um projeto que envolve coordenação de diferentes bailarinos, coreografia e produção para eventos, espetáculos, aulas e workshops em diferentes estilos como Jazz, Hip-Hop e Contemporâneo, a nível nacional e internacional.

Tem desenvolvido também trabalho como coreógrafa para teatro e teatro musical com a Produtora Plano 6 e com a Companhia Palco 13.

Em 2016 lecionou Técnicas de Dança Contemporânea no curso official da Escola de Dança do Conservatório Nacional e no curso superior de dança da Escola Superior de Dança.

Continua a lecionar diferentes estilos de dança – Hip-Hop, Dança Contemporânea e Jazz (infantil/juvenil e adultos) – em academias e escolas: Jazzy Dance Studios, ARTEMOVE e Conservatório de Música de Cascais.

República Portuguesa | Educação